Fim da espera: antigo Cine Sesi agora é Arte Pajuçara e reabre as portas na 5ª

O fim do “jejum” do público de cinema de arte em Maceió já tem data. Após quatro meses de portas fechadas, o antigo Cine Sesi – referência na exibição de filmes que normalmente estão fora dos circuitos comerciais – será reaberto na próxima quinta-feira (7).

Sob o nome de Arte Pajuçara e administração de quatro novos sócios que encararam a missão de não deixar um importante centro cultural morrer, o empreendimento começa a funcionar a todo gás, com programação fechada até dezembro, os preços convidativos de sempre, novidades e eventos já consagrados pelos apreciadores da sétima arte, como o famoso Corujão.

O grupo investiu nas reformas exigidas pelo Corpo de Bombeiros, que interditou o local em junho deste ano, e adequou a estrutura física às normas de segurança contando com patrocínio de algumas empresas e apoio do Governo do Estado, Prefeitura de Maceió e do próprio Sesi (Serviço Social da Indústria), que firmou parceria e cedeu toda a estrutura de áudio, vídeo, poltronas, etc,. já existente.

Por enquanto, o espaço é basicamente o mesmo já conhecido pelos antigos frequentadores, já que novas reformas ficarão para o ano que vem. Mas o conceito é novo, garante o sócio Felipe Chaves Guimarães. A ideia é que o centro inteiro respire cultura a todo o tempo.

“Queremos que a sala de cinema, o teatro, a cafeteria e até o hall se comuniquem. O Arte Pajuçara será um espaço da sociedade. Se já era antes, agora será totalmente de Maceió, com exposições permanentes, música, peças, filmes e a galeria de arte sempre ocupada”, explica Felipe, que integra o quarteto ao lado do cineasta Werner Bagetti, do jornalista Milton Pradines e do gestor cultural Marcos Sampaio, o Marcão, ex-coordenador do Centro Cultural Sesi.

A solenidade de abertura para convidados, que começa às 19h da próxima quinta, terá a exibição do impactante documentário brasileiro Elena, de Petra Costa. Alguns convites serão distribuídos gratuitamente no dia da abertura, a partir das 14h, na bilheteria do Arte Pajuçara.

Na sexta-feira (8), as portas da Sala Elinaldo Barros, assim batizada em homenagem ao professor e crítico de cinema alagoano, já estarão abertas ao público. Em cartaz, Os Amantes Passageiros, novo filme do espanhol Pedro Almodóvar. E as novidades já começam de imediato com o projeto “Curta Antes do Longa”, que exibirá curtas-metragens locais antes das sessões das sextas-feiras e sábados, os dias mais movimentados.

A programação completa do Arte Pajuçara estará no site www.artepajucara.com.br, que entra no ar neste domingo (3). Informações atualizadas sobre o centro cultural podem ser acompanhadas pelos perfis no Facebook, Twitter, Instagram e Youtube (/artepajucara).

Novos projetos em busca do tempo perdido

Além de trazer de volta projetos que deixaram saudade, como o Corujão (o próximo acontece no dia 23 de novembro, com o premiado longa brasileiro Tatuagem) e a Mostra de Cinema Francês em dezembro, o Arte Pajuçara emplaca novas iniciativas, como a Mostra Em Busca do Tempo Perdido, que exibirá filmes que não chegaram a Maceió este ano ou que passaram pouco tempo em cartaz na cidade. “Traremos bons filmes de 2013 a partir do próximo final de semana, como O Grande Gatsby, Flores Raras, O Sonho de Wadjda, Antes da Meia-Noite e Domésticas”, conta Marcão, responsável pela curadoria do centro cultural.

Para impulsionar o movimento, a nova gestão disponibilizará ainda “O Poderoso Cartão”, uma espécie de assinatura anual de cinema, que dará direito a assistir todos os filmes exibidos no Arte Pajuçara quantas vezes quiser. “Você pode assistir tudo. É o ‘Poderoso Chefão’ mesmo”, brinca Marcão. “Comprando o cartão, o público também estará ajudando nos custos de reabertura do cinema”.

Uma vez por mês, uma sessão especial exibirá um filme indicado pelo crítico Elinaldo Barros. O Arte Pajuçara estará aberto ao público a partir do dia 8 de novembro.

Já o teatro, que recebeu o nome de Sala José Carlos Lyra, em homenagem e reconhecimento ao presidente do Sesi Alagoas, será alugado para eventos e também abrigará atividades próprias, como um campeonato de videogame na tela de cinema previsto para janeiro.

“O nome [do teatro] também vem reconhecer os nove anos de trabalho e investimento do Sesi aqui, numa época em que quase ninguém investia em cultura”, afirma Marcão. “O presidente é um grande apoiador e a parceria deles foi fundamental para a reabertura do espaço”. “Esperamos que sirva de estímulo para novas iniciativas”.

Sem querer holofotes, os novos gestores do centro cultural esperam que o Arte Pajuçara estimule outras iniciativas na área. “Não conheço quatro pessoas que se juntaram para um empreendimento cultural dessa forma, como fizemos”, comenta Marcão.

O centro cultural também conta com patrocínio de três empresas privadas (V2 Construções, Grupo Ferreira Hora e o Banco Cidadão), mas a ideia principal, segundo Felipe Chaves, é transformá-lo em um equipamento cultural sustentável. “Muita gente queria esse espaço de volta. Acreditamos muito nisso aqui”, completa.

Fonte: https://www.alagoasnanet.com.br/v3/fim-da-espera-antigo-cine-sesi-agora-e-arte-pajucara-e-reabre-as-portas-na-5a/